O mercado está5. Profissão mudando muito rápido, cada vez mais a tecnologia toma conta do cotidiano das pessoas, seja no pagamento de um boleto, contas do dia a dia, investimentos e em nosso trabalho, por isso, é fundamental se adaptar às novas mudanças.

Uma das profissões que está ganhando espaço com essas modificações é a do assessor financeiro. O governo pretende anunciar, ainda no primeiro semestre de 2016, várias mudanças na previdência Brasileira, o que pode dificultar a vida de quem contribui para a aposentadoria, trazendo a necessidade dessas pessoas recorrerem ao assessor em busca de orientações, o que faz dessa uma profissão promissora futuramente. Um estudo recente da consultora Michael Page posiciona as profissões ligadas a finanças entre as cinco mais promissoras no mercado brasileiro.

Em tempos de crise esses profissionais são vistos como estratégicos

De acordo com o site Infomoney, no Brasil, em 2013, havia apenas cerca de três mil profissionais que ajudavam as pessoas na tomada de decisões adequadas no momento de investir o dinheiro. Já nos EUA, por exemplo, mais de 1,3 milhões de pessoas ganham a vida ajudando os americanos a investir e a organizar as próprias finanças. A carreira consegue conciliar remuneração atraente com mais liberdade e prazer no trabalho. De acordo com pesquisa do site CNN Money, o “financial advisor” (consultor financeiro) aparece em sexto lugar no ranking das profissões mais cobiçada dos EUA.

Já no Brasil, no setor empresarial, esses assessores, juntamente com especialistas em finanças, estão cada vez mais disputados no mercado, pois, em tempos de crise esses profissionais são vistos como estratégicos dentro das empresas, e raramente veem seus postos de trabalho ameaçados pela crise. Até porque é o momento que as companhias mais precisam deles e de suas soluções para atravessarem os momentos difíceis.